fbpx

Trabalho em equipe e resultados: seu time poderia estar entregando mais?

Como identificar as causas do não atingimento de metas em uma equipe? Como saber se o time poderia estar entregando mais? E mesmo quando os resultados aparecem, como saber se o time está realmente funcionando bem ou se eles estão vindo por outros motivos? É essencial fazer todas essas perguntas para identificar como está a qualidade do trabalho em equipe na sua empresa.

Se dar conta de que os resultados não andam bem é fácil. Afinal, não bater as metas é algo que fica bastante evidente para a maioria dos times. Porém, uma tarefa menos simples é entender por que isso acontece. Identificar as causas pode ser tão desafiador quanto essencial para que futuramente os objetivos sejam atingidos. E boa parte delas pode estar centralizada em um único desafio: o trabalho em equipe.

Existem diversas pesquisas que mostram o impacto da eficiência do trabalho em equipe nas organizações. Elas apontam que, na maioria das empresas, fazer um time funcionar como uma equipe alinhada e colaborativa é um dos principais desafios para o atingimento de resultados.

Por ser um tema complexo, cheio de variáveis e altamente subjetivo, o trabalho em equipe é algo de difícil gerenciamento. Abaixo listamos alguns sinais que ajudam a identificar se esse mecanismo realmente pode estar impactando diretamente o resultado do seu time e merece uma atenção especial:

1. Diferenças de performance no time

Ter grandes diferenças de performance em uma equipe pode ser sinal de variações significativas nas capacidades e comportamentos individuais. Mas também é um indicador de que as trocas de boas práticas e o espírito colaborativo podem estar em baixa na sua equipe.

Pesquisa da Salesforce indica que 86% de empregados e executivos citam a falta de colaboração e comunicação de boas práticas como causas de falhas no ambiente de trabalho.

Pesquisa da Salesforce indica que 86% de empregados e executivos citam a falta de colaboração e comunicação de boas práticas como causas de falhas no ambiente de trabalho

Se um colaborador ou núcleo do time é capaz de alcançar resultados constantemente maiores do que de outros da mesma equipe, certamente ele está fazendo as coisas de maneiras um pouco diferentes. E isso pode ser compartilhado entre todos para que o desempenho global seja puxado para cima. É claro que diferenças entre os resultados de diferentes pessoas e núcleos de um time sempre vão existir. Mas quanto maior o gap de diferenças entre elas, maior a oportunidade de puxar quem está abaixo para cima. Diferenças de habilidades e pontos de vista são extremamente positivas quando aproveitadas em um ambiente de objetivos comuns claros e espírito de crescimento coletivo. E pode ser justamente isso que esteja faltando!

2. Alto turnover na equipe

Não é novidade para nenhum gestor que além de custar caro financeiramente para a organização, o turnover desperdiça também tempo e energia do líder e colegas de time. E o mais importante: ele pode ser uma consequência direta do baixo nível de colaboração da equipe.

Algumas pesquisas de consultorias como a Gusto e ClearCompany identificaram dados interessantes sobre isso:

  • 54% dos empregados dizem que um forte senso de comunidade os manteve em uma empresa por mais tempo do que tinham a real intenção. Isso pode envolver colegas alinhados, celebração de conquistas e uma missão comum clara;
  • 37% dos empregados dizem que ‘’trabalhar em um bom time’’ é o primeiro motivo para se manter em uma empresa;
  • Empresas com comunicação eficiente tem 50% mais chance de terem baixas taxas de turnover.

54% dos empregados ficam na empresa pelo senso de comunidade e 37% dizem que o fato de trabalhar em um bom time os faz ficarem nas empresas

Ou seja, em times alinhados e produtivos, as pessoas se sentem motivadas e fazendo parte de algo significativo. O que acaba prolongando sua permanência na empresa mesmo quando existem outros motivos para sair. Se sua equipe tem um turnover alto, isso pode ser um sinal de que o trabalho em equipe não está fluindo bem. Mesmo que os resultados estejam sendo atingidos.

3. Conversas centralizadas nas mesmas pessoas

Reuniões em equipe que seguem sempre um mesmo padrão, com as mesmas poucas pessoas dominando a conversa, centralizando ideias e opiniões, também são um indicador de que o funcionamento como time poderia estar melhor.

O conceito de “segurança psicológica”, cunhado pela professora de Harvard Amy Edmondson (veja o TED abaixo), diz que esse sinal pode indicar que as pessoas não se sentem confortáveis para expressar suas opiniões pelo receio de como serão percebidas pelo grupo.

  • 99,1% dos colaboradores preferem um ambiente de trabalho em que as pessoas identifiquem e discutam problemas de maneira franca e objetiva. Menos de 50% dizem que sua organização trata de problemas dessa maneira.

Em um ambiente ‘’psicologicamente seguro’’ esse receio é minimizado pela maneira como diferentes ideias são recebidas pelo time. Assim como pela abertura que existe para que membros peçam ajuda entre si. Por exemplo, ao lidar com erros e dificuldades de uma forma mais aberta.

4. Dificuldade de dar feedback

Além de ser outro indicador da baixa segurança psicológica no time, a dificuldade em dar feedbacks traz outro problema. Sendo ele o desperdício de realizar melhorias das quais o grupo está consciente que são necessárias. Aliás, dificuldade de dar feedback pode significar que sua equipe está com conflitos. Neste post aqui falamos sobre como transformar conflitos em algo (realmente) positivo.

75% dos funcionários entrevistados em uma pesquisa da Queens University of Charlotte classificaram trabalho em equipe e colaboração como “muito importante”. Mas somente 18% deles tem feedbacks e avaliações sobre esse tema no time.

75% dos funcionários entrevistados em uma pesquisa da Queens University of Charlotte classificaram trabalho em equipe e colaboração como "muito importante". Mas somente 18% deles tem feedbacks e avaliações sobre esse tema no time.

Ter uma cultura de feedback no time promove um ambiente de maior confiança, franqueza e abertura entre os membros. Além de promover reflexões que olhem para como o time está funcionando. E, também, que permitam que o próprio grupo faça ajustes na sua forma de funcionar.

Concluindo, seu time é o principal ativo do seu negócio. Atentar para esses sinais é o primeiro passo para ter uma equipe de alta performance, que atinge resultados e se mantém em crescimento constante. Tenha um olhar atento para como as pessoas estão trocando ideias e informações, como se manifestam e quando se omitem. Afinal, como já disse Aristóteles: “o conjunto é maior que a soma das suas partes”.

E você, tem observado algum destes sinais no seu time? Tem alguma sugestão para contribuir? Deixe nos comentários!

A imagem tem ao fundo, pessoas unindo suas mãos em sinal de união de equipe. Na frente, o texto: "Team building trainings - Potencialize o trabalho da sua equipe". Após, um botão para clicar e saber mais sobre o treinamento.

De |2019-11-14T17:00:42+00:00setembro 20th, 2018|Categorias: Team Building|0 Comentários

Deixe um Comentário